x
×
Siga o Top de Marcas nas redes sociais
Posicionamento

Lacoste no Brasil e o rapper MD Chefe

Marcas falam e o público também, você está atento para ouvir? Conheça a história por trás da nova campanha da Lacoste no Brasil com o ‘Rei Lacoste’

Bem antes de existir Lacoste no Brasil, a história da marca começa em 1923, em Boston, com o francês tenista René Lacoste, aos 19 anos. No auge de sua juventude, René se encanta por uma mala de crocodilo na vitrine de uma loja. Na época, seu treinador lhe propôs um desafio: Se René ganhasse sua próxima partida, ganharia a tão desejada mala de crocodilo. 

Sabendo disso, mesmo René não vencendo a partida, a imprensa norte-americana da época o associa ao símbolo do crocodilo. Em 1927, o artista Robert George dá forma ao pequeno crocodilo que René Lacoste decide bordar em seus casacos. A primeira e clássica camiseta polo da marca só nasce alguns anos depois, mas faz da Lacoste a primeira marca a apresentar um logo visível numa peça de roupa.

O crocodilo brasileiro e o rapper MD Chefe 

Desde então a prestigiada e consolidada marca de roupas seguiu se associando à imagem do clássico e do tênis de campo. O perfil online da Lacoste no Brasil foi lançado recentemente no Instagram, no final de julho deste ano. Já nas primeiras publicações era possível ver nos comentários o público sugerindo que rappers e artistas do trap e funk brasileiro se tornassem embaixadores das campanhas publicitárias do crocodilo mais famoso do mundo, no Brasil.

Mesmo com o apelo popular do público nas redes sociais, a marca escolheu outras personalidades para a primeira campanha. O público voltou a falar, questionando diretamente a marca nos comentários das publicações pela escolha feita. 

Público questiona a escolha da marca Lacoste no Brasil para a primeira campanha publicitária nas redes sociais
Foto: Divulgação Instagram @lacostebrasil

O posicionamento do público provocou um barulho e tanto, fazendo até o mesmo número de seguidores do Instagram da marca no Brasil saltar de 1.000 para mais de 100.000 seguidores. Sem ignorar os fatos e os consumidores, artistas como o rapper MD Chefe e a Mc Dricka foram convidados para uma nova campanha. MD, em questão, não aceitou de imediato, já que em seu contrato estava sendo oferecido em grande parte permutas de roupas em troca da publicidade. 

A escolha de MD Chefe como embaixador também se deve ao fato de que seu hit do momento, chama-se ‘Rei Lacoste’ e já acumula mais de 21 milhões de visualizações no YouTube. A música é parte do álbum  ‘ATG Tape’ que garantiu a 8ª melhor estreia no Spotify Global. O crocodilo brasileiro não pôde ignorar os números, nem o apelo popular. MD Chefe recebeu um novo contrato, assinado ao vivo durante o Cometa Podcast, desta vez envolvendo uma quantia significativa de dinheiro.

A campanha com o artista brasileiro é mais do que um sucesso, é viral. Já são mais de 400 mil curtidas e centenas de comentários no primeiro reels postado

Escuta ativa: o que a campanha da Lacoste no Brasil ensina sobre posicionamento de marca

Como podemos analisar pelo caso Lacoste no Brasil e artistas do rap, trap e funk, o público tem voz e está atento ao posicionamento das marcas. Em primeiro lugar, o público não cobra nada além de coerência. Sua reputação não pode ser tratada como uma imagem criada pelo marketing, mas a reputação do seu negócio precisa ser um fato criado a partir da realidade do seu negócio. 

Fique atento! Vale lembrar que os artistas que citamos sempre levaram o nome da marca em suas letras e conteúdos pessoais, mesmo sem serem patrocinados. E isso gera influência sobre o público de cada um deles e sobre o seu. Esteja antenado a todas as oportunidades de negócio, principalmente as que aparecem organicamente no dia a dia. 

A sociedade em geral está adquirindo cada vez mais consciência do seu lugar no mundo. E essa consciência adquirida também reflete na hora de consumir e comprar um determinado produto. As pessoas querem, e com razão, se identificar: “Se não me vejo, não compro.” Saiba quem é o seu público e dialogue com ele. 

Fotos: Divulgação redes sociais

Pesquisa
Realização